Monday, 15 de July de 2024
19°

Parcialmente nublado

Pindamonhangaba, SP

Anúncio
ECONOMIA PESQUISA NUPES

Preço da cesta básica registra queda moderada no Vale do Paraíba após oito altas consecutivas

De acordo com os economistas do Nupes, valor médio passou de R$ 2.794,98 em maio, para R$ 2.779,01 em junho

03/07/2024 às 00h00 Atualizada em 04/07/2024 às 13h53
Por: Redação
Compartilhe:
Crédito: Lucas Lacaz Ruiz
Crédito: Lucas Lacaz Ruiz

A cesta básica vendida no Vale do Paraíba apresentou queda de preço em junho. Os dados estão no levantamento mensal apresentado pelo NUPES - Núcleo de Pesquisas Econômico-Sociais da Universidade de Taubaté que monitora os preços de 44 produtos de alimentação, higiene pessoal e limpeza doméstica recomendada para uma família com 5 pessoas.

A coleta de preços é feita semanalmente em 16 supermercados nos municípios de São Jose dos Campos, Taubaté, Caçapava e Campos do Jordão. Após 8 meses consecutivos de alta, o mês que passou trouxe variação negativa dos preços comparado ao mês de maio de 2024.

Em junho a cesta básica apresentou uma queda moderada nos preços médios, interrompendo a sequência de altas verificada desde outubro de 2023. O valor da cesta básica passou de R$ 2.794,98 em maio, para R$ 2.779,01 em junho, apresentando queda em valor de R$ -15,97, variação de -0,57%.

Todas as cidades tiveram variações médias negativas de preços, sendo a maior retração, de -1,30%, em São José dos Campos e, uma menor variação de -0,25% em Campos do Jordão. As cidades de Taubaté e Caçapava apresentaram variações negativas de preços iguais, sendo de - 0,37%.

Campos do Jordão segue oferecendo a cesta mais cara da região, com o valor de R$ 2.846,86. A cidade de São José dos Campos ainda vende a cesta mais barata da região, a R$ 2.689,25. A diferença entre as duas cidades foi de +R$ 157,61, o que representa uma diferença percentual de +5,86%.

Quando avaliados os últimos 12 meses, observa-se variação positiva de +0,31%. Em termos de valor, de junho de 2023 a junho de 2024 houve um aumento de +R$ 8,67. Ainda assim, o percentual de elevação está bem abaixo da prévia da inflação nacional acumulada até junho, medida pelo IPCA-15 do IBGE, que foi de +4,06% nos últimos 12 meses.

Renda comprometida - Quando avaliada a renda comprometida para a compra da cesta básica no Vale do Paraíba, em junho este percentual foi de 39,36% frente a 39,58% em maio. Ou seja, pouco mais de 60% do salário é o que sobra para outras despesas como saúde, educação e transporte.

Do total de 32 produtos alimentícios pesquisados 16 apresentaram alta nos preços e os outros 16 apresentaram queda. Dos 5 produtos de higiene pessoal 2 tiveram aumento e 3 quedas. Dos 7 produtos de limpeza doméstica, 3 tiveram aumento e 4 apresentaram quedas.

Subiu - O produto considerado o ‘vilão’ do mês foi o Alho (+15,85%), Depois dele, os produtos com maior alta em junto foram o Leite Caixa (+8,32%) e Batata Inglesa (+7,82%)

Baixou – Por outro lado, os produtos que apresentaram os maiores recuo no preço médio cobrado foram a Cenoura (-12,88%), Mamão Formosa (-12,25%) e Banana Prata (-5,72%).

 

Tag pesquisa de preços   NUPES    Diário Imparcial   Vale do Paraíba  cesta básica

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Pindamonhangaba, SP Atualizado às 16h51 - Fonte: ClimaTempo
19°
Parcialmente nublado

Mín. 13° Máx. 22°

Tue 26°C 14°C
Wed 27°C 13°C
Thu 28°C 13°C
Fri 27°C 13°C
Sat 28°C 12°C
Anúncio
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio