Subestação de energia recebe investimento de R$ 2.6 milhões em Guaratinguetá

Investimentos da EDP permitiram implantação de novas tecnologias e modernização da estação

Subestação de energia recebe investimento de R$ 2.6 milhões em Guaratinguetá
Divulgação EDP

A Estação de Transformação de Energia (ETD) Guaratinguetá que atende cerca de 55 mil unidades consumidoras da região recebeu investimento de mais de R$ 2.6 milhões da distribuidora de energia EDP. Com as melhorias beneficiarão  cerca de 150 mil pessoas.

O valor permitiu a implantação de novas tecnologias e modernização da estação que é responsável pelo abastecimento de energia de Guaratinguetá e parte do município de Lorena. Foram realizadas atualizações de equipamentos, implantadas novas tecnologias de automação e telecomunicação, além de remodelação da infraestrutura da estação.

Segundo a EDP, a ação é de grande importância para o sistema elétrico local e tem como objetivo acompanhar o crescimento e desenvolvimento econômico de Guaratinguetá e região nos próximos anos, com mais robustez e flexibilidade energética.

Tecnologias - Equipada com as últimas tecnologias relacionadas a eficiência e segurança, a ETD Guaratinguetá (88/13,8 kV) tem capacidade de 80 MVA, distribuídos em 12 alimentadores de média tensão. A estação é 100% digitalizada e tem sua supervisão, comando, controle e proteção operada e supervisionada de forma remota via Centro de Operação Integrado (COI), localizado em Mogi das Cruzes.

A construção, ampliação e modernização de estações e linhas de distribuição são fundamentais para acompanhar o aumento da demanda de energia, conforme o crescimento das cidades.

“As obras têm como objetivo garantir o atendimento aos nossos clientes, reforçando a confiabilidade e a qualidade do fornecimento de energia dentro de elevadas condições técnicas e de segurança”, ressalta Marcio Jardim, gestor executivo de projetos e construção da EDP.

Atualmente, a EDP atende cerca de 5 milhões de pessoas em 28 municípios paulistas, por meio de 64 subestações.