São Luiz do Paraitinga: PM Ambiental recebe filhote de tatu que convivia com gato

O pequeno animal, da espécie tatu-galinha, foi encaminhado a um Centro de Recuperação de Animais Silvestres em Taubaté

São Luiz do Paraitinga: PM Ambiental recebe filhote de tatu que convivia com gato
Crédito: Polícia Militar Ambiental

O cotidiano de um policial ambiental é cheio de ocorrência inusitadas que mostram como a natureza rege suas leis. Depois de receber um telefonema na tarde desta sexta-feira (12) para entrega voluntária de animal silvestre, o plantão da PM Ambiental deslocou uma equipe até a propriedade rural que fica no bairro Hortelã, em São Luiz do Paraitinga.

Os agentes foram chamados para a retirada de um filhote de tatu. No local, a equipe encontrou o animal deitado em uma cama ao lado de um gato. De acordo com a responsável pelo local, o filhote apareceu em sua propriedade há cerca de dez dias.

Segundo o relato para a polícia, o tatu foi recolhido e colocado dentro da residência, para que não fosse atacado pelos cães da propriedade. Até que a PM Ambiental fosse acionada para retirar o animal, o pequeno permaneceu junto com os gatos e a convivência foi tranquila.

“Eles se alimentavam, andavam juntos e até dormiam na mesma cama. Nunca tiveram problemas.”, disse a mulher durante a entrega. O animal foi encaminhado a um Centro de Recuperação de Animais Silvestres em Taubaté.

Dudu, como era chamado o filhote da espécie tatu-galinha, vai passar por avaliação médica veterinária antes de ser encaminhado para o processo de recuperação e ser devolvido à natureza.