São José dos Campos: General Motors antecipa fim do layoff para 500 funcionários

De acordo com a convocação feita pela empresa, o retorno está previsto para 10 de janeiro

São José dos Campos: General Motors antecipa fim do layoff para 500 funcionários
Linha da General Motors, em São José dos Campos (Crédito: Lucas Lacaz Ruiz-A13)

Da Redação A General Motors anunciou para cerca de 500 trabalhadores que estão em layoff o retorno às atividades na fábrica de São José dos Campos.  O Sindicato dos Metalúrgicos recebeu o comunicado na terça-feira (7).

De acordo com a convocação feita pela empresa, o retorno está previsto para 10 de janeiro. Desde o dia 8 de novembro, 691 trabalhadores que estão em casa. A previsão inicial era de que ficassem de dois a cinco meses com o contrato suspenso, podendo ser prorrogado por mais cinco.

O layoff havia sido adotado pela GM em razão da falta de semicondutores no mercado automotivo. No entanto, a montadora não entrou em detalhes sobre o motivo para a antecipação da volta do grupo.

Com a volta dos funcionários, será retomado o segundo turno da área de produção da picape S10. Além do produz a S10, a General Motors produz o modelo Trailblazer na fábrica de São Jose, onde a montadora possui quase 4 mil trabalhadores.

De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos, durante o período de layoff, negociado entre GM e a entidade, ficou garantida a estabilidade no emprego para todos os operários. Esse direito permanecerá em vigor enquanto houver trabalhadores com contratos suspensos.