Religiosos de todo o país lamentam a morte de Dom Antonio Afonso de Miranda

O sacerdote, de 101 anos, estava internado no Hospital Albert Sabin, em Juiz de Fora (MG)

Religiosos de todo o país lamentam a morte de Dom Antonio Afonso de Miranda
Dom Antonio Afonso de Miranda (Crédito: Acervo Pessoal)

Ocimar Barbosa Religiosos de todo o Vale do Paraíba e também do país lamentaram a perda de Dom Antonio Afonso de Miranda, eminente religioso que tinha mais de 70 anos de Ordenação Sacerdotal. O Bispo Emérito da Diocese de Taubaté havia sofrido uma queda há 10 dias e, em consequência, teve uma fratura do fêmur.

O sacerdote, de 101 anos, estava internado no Hospital Albert Sabin, em Juiz de Fora (MG) onde chegou a receber alta, mas retornou após se sentir mal. Dom Antônio Afonso Miranda era o bispo mais velho do Brasil e foi ordenado sacerdote em 1º de novembro de 1945.

Dom Antônio Afonso Miranda Dom Antônio era natural Cipotânea cidade mineira onde nasceu em 14 de abril de 1920. Era incentivador da evangelização com jovens e estimulou Padre Jonas Abib em 1974 na fundação da comunidade Canção Nova, em Cachoeira Paulista.

Dom Antônio Afonso Miranda Dom Antônio foi sepultado nesta terça-feira (12) em Mercês (Minas Gerais).

Nota de pesar e agradecimento da Canção Nova

"A Canção Nova recebeu com tristeza a notícia do falecimento do bispo emérito de Taubaté (SP), Dom Antônio Affonso de Miranda.

Dom Antônio faz parte da história da Canção Nova, pois, quando fora bispo da Diocese de Lorena (SP), em 1976, ele incentivou padre Jonas que levasse ao povo de Deus, a começar pelos jovens, a então publicada Exortação Apostólica Evangelii Nuntiandi do Papa Paulo VI.

O trabalho de evangelização com os jovens resultou na fundação da Comunidade Canção Nova em 1978. Com gratidão e esperança, confiamos à intercessão da Mãe Aparecida este filho querido, que testemunhou, em extenso ministério e pastoreio, amor à Santa Igreja e ao Bom Pastor.

'Meu filho, não te esqueças da minha instrução e teu coração guarde meus preceitos, pois eles trarão dias duradouros para ti, muitos anos de vida e a paz' (Provérbios 3,1-2)".