PM Ambiental resgata coruja presa em janela de prédio em Taubaté

Ave foi levada para avaliação veterinária e, por estar em boas condições e sem nenhum ferimento, foi devolvida à natureza

PM Ambiental resgata coruja presa em janela de prédio em Taubaté
Crédito: Polícia Militar Ambiental

Da Redação PM Ambiental foi acionada logo pela manhã na última segunda-feira (9) para a retirada de uma ave que estava presa na janela de um prédio, no bairro independência, em Taubaté.

De acordo com os patrulheiros, um funcionário do local chegou para trabalhar e percebeu que havia uma coruja presa entre o vidro e a placa de lona da janela, na Avenida Itália, bairro Independência.

A ação da equipe de resgate demorou pouco mais de quarenta minutos. Conhecida como coruja-orelhuda, a ave foi devolvida à natureza ainda na tarde desta segunda-feira (9) pela Polícia Ambiental.

“A falta de espaço, altura e os cuidados no manejo com o animal dificultou a retirada. É normal a demora na retirada, pois é preciso respeitar o tempo e condições do animal.” Comenta Cabo Nunes, responsável pelo resgate.

Sem ferimentos - Depois de retirada, primeiramente a ave foi encaminhada para ser avaliada em um projeto da cidade. Por estar em boas condições e sem nenhum ferimento, foi solta pela PM Ambiental em local apropriado.

Recomendação - Para evitar situações como esta, que podem gerar ferimento ao animal e incômodos à população, a orientação do policiamento ambiental é que locais que possa servir de abrigos para animais sejam mantidos fechados, sempre que possível. São frequentes os casos de aves caídas em poço de luz, vãos entre paredes e janelas