Pindamonhangaba: Programa Casa Verde e Amarela anuncia novo empreendimento na cidade

Impulsionada pelo bom momento do mercado imobiliário, a cidade verá surgir nos próximos meses novos bairros e também vários edifícios

Pindamonhangaba: Programa Casa Verde e Amarela anuncia novo empreendimento na cidade
Enquanto o centro de Pindamonhangaba mantém seu casario antigo, os bairros no entorno experimentam a verticalização

A construção civil é um dos poucos segmentos que não foram abalados totalmente pela crise da pandemia. Em Pindamonhangaba, são vários novos empreendimentos aprovados e em construção, tanto na categoria bairros abertos quanto condomínios ou edifícios.

Impulsionada pelo bom momento do mercado imobiliário, a cidade verá surgir nos próximos meses vários edifícios que vão alterar o cenário de áreas ainda horizontalizadas. Nesta semana, autoridades da Prefeitura se reuniram com representantes do setor imobiliário e do programa do Governo Federal Casa Verde e Amarela que anuncia um novo empreendimento na cidade.

O secretário de Habitação da Prefeitura, Felipe César, recebeu a Construtora GER Empreendimentos Imobiliários, representada pelo engenheiro Alfredo Elias Filho, e também o empresário Ricardo Garcia e o diretor Executivo da Palacete Imobiliária, Fábio Guillon. O encontro contou com a presença do secretário adjunto da pasta, João Henrique Gontijo e da diretora Monique Dias.

Em Pindamonhangaba, a empresa já está com projetos aprovados junto à Secretaria de Planejamento para a construção de 60 unidades de 55m², no valor aproximado de R$ 165.000,00. De acordo com o poder público, são apartamentos que serão construídos no Residencial Santa Tereza.

Interesse social - Segundo o secretário de Habitação, Felipe César, os critérios para a compra do imóvel atenderão todas as exigências do programa federal e os cadastros serão realizados por imobiliárias e técnicos especializados da Caixa.

“São programas diferenciados e voltados para o público economicamente ativo como servidores públicos e funcionários do comércio e da indústria. Estamos conversando sobre a solicitação de enquadramento em decreto de loteamento de interesse social”, explicou o secretário.

A Secretaria de Habitação está discutindo também a implantação de outros empreendimentos sociais que irão aquecer a economia da cidade e possibilitar o acesso de famílias baixa renda à habitação de qualidade.