Pinda aplica segunda dose em idosos de 76 anos ou mais e inicia vacinação contra H1N1 nesta segunda

Ministério da Saúde alerta que a aplicação da vacina da gripe não pode ocorrer ao mesmo tempo que a da Covid-19

Pinda aplica segunda dose em idosos de 76 anos ou mais e inicia vacinação contra H1N1 nesta segunda

As pessoas com 76 anos ou mais - conforme data anotada na carteira de vacinação – serão imunizadas com a segunda dose da vacina contra Covid-19 contra o coronavírus nesta segunda-feira (12) e terça-feira (13). Segundo a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Pindamonhangaba, embora exista a previsão para este público, o fundamental é que as pessoas fiquem atentas às datas anotadas na Covid-19.carteira de vacinação

Importante destacar que a imunização ocorrerá somente no período da tarde, das 13h30 às 16 horas, no CISAS em Moreira César, UBS Terra dos Ipês II, unidades de saúde do Cidade Nova e Nova Esperança (Araretama), Centro Dia do Idoso (Vila Rica), e no CIAF/Saúde da Mulher – acesso pela rua Dr. Laerte Machado Guimarães.

Para a segunda dose, é necessário levar documento de identidade e a carteira de vacinação.

O grupo com idade entre 77 e 79 anos que ainda não recebeu a segunda dose deve procurar as unidades para ser vacinado o quanto antes.

Primeira dose - A aplicação da primeira dose em idosos com 68 anos ou mais está suspensa temporariamente porque Pindamonhangaba aguarda a entrega de mais vacinas pelo Ministério da Saúde via Secretaria Estadual de Saúde.

H1N1 - Começa nesta segunda-feira (12) em toda a região e segue até o dia 9 de abril a campanha de vacinação contra o vírus da gripe (H1N1). Pindamonhangaba inicia a vacinação contra o vírus da gripe (influenza) na segunda-feira (12). Este ano, a meta é vacinar 66.184 pessoas. Em 2020, Pindamonhangaba imunizou 52.230 pessoas.

A primeira etapa vai ocorrer de 12 de abril até 5 de maio para gestantes, puérperas, indígenas, trabalhadores da saúde, e crianças de 6 meses até menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias).

A segunda fase, de 11 de maio a 8 de junho, será para idosos com 60 anos ou mais e professores.

A terceira etapa, de 9 de junho a 9 de julho, para caminhoneiros, trabalhadores do setor de transporte, de portos, policias e segurança, forças armadas, funcionários de sistema prisional, interno de sistema prisional ou reeducação social, além de pessoas com comorbidades, e deficiência permanente.

Para todas as fases, as vacinas serão aplicadas sempre de segunda a sexta-feira, das 8 às 11h30 e das 13 às 16 horas, em 16 locais: nova CMEI Centro (Rua Major José dos Santos Moreira), UBS Bem Viver, UBS Vila São Benedito, ESF Feital, ESF Santa Cecília, ESF Cidade Jardim, ESF Castolira, ESF Azeredo, ESF Vale das Acácias, ESF Campinas, ESF Cruz Grande, ESF Bonsucesso, ESF Eloyna, Centro Comunitário Ouro Verde, quadra de esportes Jardim Regina e Shopping (exceto crianças no Pátio Pinda).

O Ministério da Saúde alerta que a aplicação da vacina da gripe não pode ocorrer ao mesmo tempo que a da Covid-19. O ministério recomenda que as pessoas do grupo prioritário tomem primeiro a vacina contra a Covid-19. A vacina contra a gripe deve ser ministrada após um período de no mínimo de 14 dias de intervalo.