Número de acidentes e mortes no trânsito tem queda expressiva em Pindamonhangaba

Levantamento aponta ainda as as vias com maior índice de ocorrências

Número de acidentes e mortes no trânsito tem queda expressiva em Pindamonhangaba

A atuação do município de Pindamonhangaba com vistas a reduzir os casos de acidentes e mortes no trânsito é constante. Os resultados têm correspondido ao empenho, segundo números fornecidos pelo Governo de SP. Com os dados apurados no portal Infosiga, o município fechará 2020 com menos acidentes e menor número de vítimas fatais no trânsito.

De acordo com o Departamento de Trânsito de Pindamonhangaba - Deptran, mensalmente vem acontecendo essa redução de acidentes de trânsito e número de óbitos. Os dados de dezembro serão fechados somente em janeiro, entretanto, considerando os meses de janeiro a novembro, a diminuição é significativa

Em 2019, Pindamonhangaba registrou 836 acidentes de trânsito, número que foi reduzido para 643 no mesmo período deste ano. Isso representa uma queda de 23% no indicador. Somente no último mês de novembro, a redução foi de 30%. Em novembro de 2019 foram registrados 78 acidentes contra 55 neste ano.

O levantamento ainda revela os pontos com mais registro de acidentes. O Departamento de Trânsito já tem realizado estudos para ações nestes locais visando a redução. As vias com maior incidência são: Rua São José (Campo Alegre), Av. Nossa Senhora do Bom Sucesso (trecho do Distrito Industrial e Praça São Benedito) e a Av. Manoel César Riberio (região da Cidade Nova - via Estadual).

Mortes no trânsito caem 45% - Ainda de acordo com os dados do Infosiga, do Governo do Estado, o número de vítimas fatais no trânsito de Pindamonhangaba caiu 45% em 2020. De janeiro a novembro do ano passado, o trânsito da cidade registrou 48 vítimas fatais e neste ano o número recurou para 26.

Vale salientar que em novembro foram registradas três vítimas fatais. Por outro lado, a municipalidade destaca que foram mortes que ocorreram em acidentes em via não municipal, sendo SP 132/ Rod. Caio Gomes Figueiredo e BR 116/Rod. Presidente Dutra.

“Em diversos outros pontos conseguimos reduzir os acidentes com interferências positivas como o caso da rotatória João do Pulo, onde no passado registrava 5 a 7 acidentes e hoje praticamente zeramos”, afirmou a diretora do Deptran, Luciana Viana.

Segundo a diretora de trânsito do município, as ações de conscientização também foram importantes para transmitir e lembrar a população sobre o respeito às regras de trânsito.