Jato E195-E2 da Embraer é destaque no evento Selangor Aviation Show na Malásia

Fabricante brasileira apresenta o jato comercial mais eficiente e sustentável do mundo

Jato E195-E2 da Embraer é destaque no evento Selangor Aviation Show na Malásia
Crédito: Divulgação

A Embraer participa do evento Selangor Aviation Show, na Malásia. Um dos principais destaques é a aeronave brasileira E195-E2, jato comercial de corredor único mais eficiente e sustentável do mundo, que está em exibição na primeira edição do Selangor Aviation Show.

O evento acontece entre 25 e 27 de novembro e prevê 5 mil visitantes. A previsão dos organizadores é de que participem da exposição um número em torno de 43 empresas da indústria aeroespacial e de aviação. Os expositores ocuparão espaços na pista e em estandes de exposição do local.

O jato da Embraer é apresentado com a pintura “TechLion”, que cobre toda a fuselagem. O E195-E2 estará no Selangor Aviation Show após ter sido apresentado no Dubai Air Show, no início do mês. Com a configuração de dois assentos de cada lado, o jato acomoda até 146 passageiros.

“Estamos entusiasmados com a participação e o patrocínio da Embraer em nosso primeiro Selangor Aviation Show, refletindo o voto de apoio que a empresa tem nas aspirações de Selangor ser o hub de aviação do sudeste asiático”, disse Dato 'Hasan Azhari, CEO da Invest Selangor Berhad.

“Com seu novo design e tecnologia, o E195-E2 é a aeronave de corredor único mais eficiente do mundo. Esta aeronave emite 25% menos emissões por assento do que um turboélice comum e tem os mais baixos níveis de ruído externo e emissões entre todas as aeronaves a jato”, disse Arjan Meijer, Presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial.

Embraer prevê demanda por 60 novas aeronaves comerciais na Malásia

Com a expectativa de mais um sucesso em eventos, a Embrar prevê na Malásia uma demanda nos próximos 10 anos de 60 novas aeronaves comerciais com menos de 150 assentos.

Impulsionar essa demanda é a oportunidade de aeronaves com menos de 150 assentos complementarem aeronaves maiores, predominantes no país, e melhorar a viabilidade para estabelecer novas rotas ou aumentar a frequência das rotas existentes. Isso inclui o aumento da conectividade direta dentro da Península da Malásia, bem como a conectividade entre as cidades da Península com o Leste do país (Sabah e Sarawak).

“Acreditamos no potencial de multiplicação da conectividade doméstica e regional na Malásia. É uma situação em que todos ganham: o turismo doméstico prospera e os passageiros podem viajar para novos destinos com o conforto de um moderno jato comercial”, disse Meijer.