Governo de SP determina volta às aulas presenciais na rede estadual a partir de segunda-feira

Na rede municipal, cada prefeito e seus respectivos conselho têm a prerrogativa de definir o retorno

Governo de SP determina volta às aulas presenciais na rede estadual a partir de segunda-feira

Da Redação O Governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (13) o retorno às aulas dos 100% de estudantes da rede estadual a partir da próxima semana. O anúncio ocorreu no Palácio dos Bandeirantes por meio do governador João Dória e equipe, com informações transmitidas durante coletiva de imprensa.

No momento, a presença em sala de aula é facultativa. O retorno foi marcado para ocorrer na segunda-feira (18). Vale destacar que a volta às aulas presenciais em escolas públicas agora passa pelo regime de obrigatoriedade, segundo a

“A partir do dia 18 de outubro será obrigatório a presença em sala de aula, mantido o distanciamento, com os demais protocolos, então, no mês de outubro um metro está mantido ainda como distanciamento.”, disse o secretário de Educação de São Paulo, Rossieli Soares.

No caso das redes municipais, disse o secretário, o critério deverá ser definido pelos prefeitos em conjunto com o Conselho Municipal de Educação de cada município. Entretanto, isso não se aplica aos municípios que são regulados pelos conselho estadual.

Quanto à rede de ensino privada, o prazo para a rede privada ainda será definido e divulgado, disse o secretário. “Na rede estadual nós começamos com a obrigatoriedade dos estudantes já na segunda-feira e o Conselho vai deliberar sobre o prazo para a escolas privadas.”, confirmou Rossieri Soares.

Em casa, só poderão ficar alunos, crianças ou adolescentes, impedidos de estarem em sala de aula, desde que apresentem atestado médico.