Enfermeira de 54 anos é a primeira pessoa a ser vacinada contra do Covid-19 no Brasil

Mônica Calazans, que recebeu a primeira dose da vacina, é enfermeira da linha de frente da UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas

Enfermeira de 54 anos é a primeira pessoa a ser vacinada contra do Covid-19 no Brasil
Enfermeira Mônica Calazans é imunizada contra o covid-19 (Foto: Reprodução)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Anvisa aprovou na tarde deste domingo (17) o uso emergencial de duas vacinas. Produzida pela parceria entre laboratório chinês Sinovac e Instituto Butantan, a CoronaVac é uma das aprovadas. O outro medicamento liberado pela Anvisa é a vacina da Universidade de Oxford/AstraZeneca.

Após a aprovação pela agência, o Governo de SP fez a aplicação da primeira dose da CoronaVac, antecedendo o início do Plano Nacional de Vacinação. Uma mulher de 54 anos foi a primeira pessoa do Brasil, fora dos experimentos médicos, a ser vacinada contra o coronavírus.

Mônica Calazans, que recebeu a primeira dose da vacina, é enfermeira da linha de frente da UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas. Ela foi imunizada no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

As duas vacinas serão ministradas de forma preferencial para a imunização de brasileiros que fazem parte dos grupos de risco como profissionais de saúde, idosos e indígenas.